Páginas

Dentro de mim

Dentro de mim existe um poema
e não foi escrito ainda, nem consigo imaginá-lo
menos, ainda, as vozes verbais que deverão
concretizar o poema fora de mim
Este poema em mim é belo, singelo,
flagelo, verde-amarelo, anelo...
Vós, leitor, só sabereis deste poema
quando ele estiver ao mundo, no papel
com minha letra e palavras escritas
Por hora, sabeis apenas que ele existe
fincado em mim, no meu coração
na minha alma, no meu íntimo ser
no meu jeito de ver e sentir a vida
O poema existe e posso senti-lo
brotando, diariamente, quando cochilo...
Postar um comentário