Páginas

Perigos

Tudo é tão perigoso,
como ao ler os amigos
quando muito se gosta
É porque eles escritos
têm todas as respostas
para o fel e o gozo
Tudo é tão perigoso,
como ao ver os artigos
bem impressos nos jornais:
Se eles assim são vistos,
parecendo peças normais,
nos fazem mais curiosos
Tudo é tão perigoso,
como viver sem abrigo
para proteger o peito
tão carente e mendigo,
para sofrer foi eleito,
contudo, nunca medroso.
Postar um comentário