Páginas

Rei Belo


Fui visitar o Rei
Fui recebido com honras
Salva de palmas
E fogos de artifícios.

O Rei mostrou-me
A plantação de Flores
Os sorrisos das donzelas
Ai! Como eram belas.

Comi do bom e do melhor
Sentado à cabeceira
Em frente ao Rei
Humilde e bom.

O Rei é tão belo
Generoso, compreensivo
De tão esquecido que é.
- Que esqueceu de me mostrar
Seu arsenal de bombas atômicas.

><>Do livro "Abaixo-Assinado" (1977), em parceria com Luiz Edson Fachin.  Originalmente publicado no suplemento Texto Prosa & Verso do jornal Eco/Um, de Várzea Grande, data de 14 a 20/09/1975. Primeiro poema publicado em jornal.

Postar um comentário