Páginas

Tentativa de poesia a dois

Insetos abriram a boca
com força mais
a flor freqüenta
com abertura mais
lugares sofisticados
a bomba é solicitada
arregalaram os olhos
com força mais
usaram força
requinte fino
toda foca
Prato sem sabor que tinham
E as fumaças? Inseticidas
O Vietnam, Mr.
...pobres “vermes garantamitas”
Não esqueceu
E as técnicas? Horizontes
        fechados
Napaln
Clic
Bombas
Clac
Cai mais um
O coração sem querer guarda
Domina, domina Avança diabrura
O jornal impresso
contas a cobrar
Entre na mente abre estes mil miolos
tire a casca e pergunte o que vai encontrar
tens jardins
é, sofisticados
Poder, poder
ganância que se foi
com força, força besta
Bamboleou bomba bombinha
pois, a mente vietnamita
não esquece
bim - bum - bam
Clic
Clac
A bomba envaidece
abraça, irmão
com coração
Deus quiser
Céu limpo nuvem branca
azul
com celeste
verde com humano
E lá se foram
e ir-se-ão outros
Apesar do teu poderio
vão falir, vão sim
vida é assim
hoje é hoje
quando, c’os gargatões,
ouvidos
amanhã hoje será
mas passado marca e
mata
e futuro suicida
com quê?
Machado de pedra ou robô?

Com Luiz Edson Fachin

Postar um comentário