Páginas

O soneto

Ai, que vontade de
Voltar atrás. Dar um
Tiro bem na tua
Cabeça. Estraça-

Lhar as tuas mãos bo-
bas; ai, que vontade
De cometer um cri-
Me. Quebrar as tuas

Costelas no chute,
Amassar teu na-
Riz. Arrancar teus

Dentes, inchar teus
Olhos no murro. Que
Vontade eu tenho.

Postar um comentário