Páginas

Canção aos Homens da Cidade Grande


Joaquim, a canção que fiz para você
não fala do amor nem fala da natureza.
A canção é como uma cantiga
porém nem as crianças
- essas inocentes -
vêem sua beleza
Beleza que não existe
Porque o mundo hoje é triste.
Quem faz triste o Mundo?
Os homens, esses loucos
que não se olham,
não conversam mais.
Joaquim, a canção que eu fiz
não tem amor
não tem voz
não tem vida
não tem nada
é uma canção cheia de palavras banais.
E essa canção é para você, Joaquim.
Você que é um homem
um homem sem infância
você que é um louco
não conversa com outros homens
que não se olham.
Essa canção é para você e sua gente
sem sentimentos
que não conversam
e não se olham.
Quando conversam
é conversa fria, sem poesia
e quando se olham
é um olhar sem expressão
sem alegria
sem melancolia.
A canção que eu fiz
não tem amor
não tem vida
não tem essas coisas bonitas.
Esses sentimentos:
o amor, a alegria de viver,
a poesia e a esperança
estão escondidos em mim
num lugar chamado - alma.
><> Meios de 1972. Publicado em 21/03/1976 no suplemento Artes e Letras do jornal Equipe

Postar um comentário