Páginas

Segredos familiares

Entras na casa
de segredos móveis
como mobília
Sentas no sofá
o jornal abre-se
derramando sangue
Cochilas como todos...
Os membros se reúnem
e formam a família.
Do livro Outros Poemas (1981), publicado com o selo Edições Namarra.
Postar um comentário