Páginas

Sinais antigos

Havia uma infinita alegria
Um pássaro azul
Um retrato de meu pai na parede
Havia flores na primavera...
A moça que morava vizinho cantava
- Um dia subi no muro
pra vê-la cantar
e a vi nuinha
(Aquela pele morena parecia imaculada)
banhando à beira do depósito
Ela continuava cantando
até que me viu masturbando...
Havia uma avenida vazia
de carros, de presa, de horário
Havia mais palmeiras
          menos ruas
          menos gente
todo mundo conhecia todo mundo
Havia um menino vadio
um dia morreu de leucemia...
Nada mais nada aconteceu.
Postar um comentário