Páginas

Segredos familiares (outra versão)

Entras na casa
e varas todos os corredores 
movediços como um cavalo

Não sabes da dor
entras por todos os quartos
guarda roupa, paletó
do cotidiano amargo

Entras na casa
cada vez mais desatento
e não arrependes de nada.
Postar um comentário