Páginas

Prognóstico Poético (trecho)

“A poesia não envelhece,
Ela se renova”,
Tenta contrapor o velho poeta
De cabelos brancos...
Mesmo de cabelos brancos
A poesia se manifesta
Quando volta a olhar
Para dentro do ser indissolúvel

A poesia tem um cotidiano
Fora de si
Quando a poesia vai ao shopping
Ela se urbaniza ainda mais
E fala a linguagem sem significados puros
Metafóricos ou mesmo líricos

Continua...
Postar um comentário