Páginas

Esquecer

Olhos acesos
vergam a noite soturna
e lembranças noturnas
cânticos e motins
de pássaros móveis

Olhas preciso
o movimento de asas
De ouvido a vogal do grito
vem das entranhas da loucura
- Lances de tortura

Vês como os mesmos
olhos eternos de olhar vagante
Vagamente a mão mexe
à procura de uma pele

para amar e esquecer.
Postar um comentário