Páginas

Detalhes do homem atual

Lento, baixa as mãos
entrega os pontos
se reconhece morto
dentro do corpo torto

Ri, bebe, come
anda, cansa, dorme
masturba-se em cima
da mulher disforme

Acorda, levanta
reclama, veste
trabalha para o bem
dos seus belos patrões
 
Lento consome
o vento, o frio
a fome, a sede
dos supermercados

Dança, brinca
briga, xinga
fantoche debochado
cuspido, pisado

Deus lhe pague
por tudo e tudo
Graças a Deus

agradece o que vive.