Páginas

O POEMA QUE SE PEDE

Veja, o poeta se mete em enrascadas
quando pessoas pedem um poema
ele não sabe dizer não - bem feito -
e a poesia não se assunta de emergência

O poema – mesmo de estrutura simples
sem rimas de valor estimado
ou de prestígio duvidoso –
não se encontra na esquina
tampouco se saca num caixa eletrônico
de uma agência poética plantão 24 horas

O que vale é a musa bem humorada
morando entre a floresta e a metáfora
e proporciona um sopro de inspiração
e nos leva, mesmo sem ritmo, a estrofar versos...

><>A versão original está aqui

Postar um comentário