Páginas

​Falar Nero, JK e de sem tetos

Não existe a menor possibilidade do fogo,

do fogo que queima, acabar com sem tetos

Nero em Roma, bem que tentou, destruiu a urbe,

mas povo, teimoso, sobreviveu e Roma se refez

 

Juscelino Kubitscheck construiu Brasília

no meio do cerrado em brasa, sem o Lago Paranoá...

O brasiliense poeta Nicolas Behr, bandas de rock

e sem tetos vieram depois de outros tantos

brasilianos trabalhadores que ergueram a cidade...

 

O crime contra os mais fracos é mais forte

Os poderosos cometem, sem parcimônia,

essa velha máxima: matar para negar

uma migalha que seja pra juntar telhas

 

Em São Paulo-SP, além dos incêndios acidentais,

queimam favelas, enquanto se desumanizam,

para urbanizar os jardins e construírem torres

de micros apartamentos de 10 metros quadrados...

- Não para os pobres.

Postar um comentário